Bem vindo ao blog Entre Mares

Este blog é direccionado a todos os apaixonados pelas actividades subaquáticas dando especial destaque à caça submarina.

Tentamos dar a conhecer algumas espécies características das ilhas e os seus hábitos apelando a uma caça selectiva de todos os troféus que tornam as nossas ilhas tão especiais.

Focamos ainda uma caça muito particular que é a caça no azul que prima pela captura de grandes troféus sendo o exemplo máximo da caça selectiva. Neste contexto disponibilizamos informação sobre algumas espécies do azul, novidades de material, e capturas mais recentes da comunidade.

Estamos ao dispor para qualquer dúvida ou curiosidade.

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

O (Re)começo com o Tiago


Sábado, 14

O dia começou cedo. Sair da cama ás 7:00 da manhã é algo perfeitamente normal para quem estuda, porém nada normal foi a vontade com que saltei da cama.

Ainda um pouco ensonado, talvez porque não tinha pregado olho durante a noite, desci a rua e fui ver o mar. Parecia perfeito.

Voltei a casa e comecei a preparar o material! Chega, entretanto, a meu parceiro.

Fomos ao local combinado, na Vila Nova, mas o mar não se mostrava em condições. Avançamos, então, para o porto dos Biscoitos, onde o mar estava razoável. Decidimos caçar ai.

Começamos a equipar-nos quando o meu parceiro nota que não tinha as barbatanas. Voltamos á estaca zero!

Após nos deslocarmos á Praia para ir buscar as barbatanas do dito parceiro decidimos ficar a caçar por lá. Dirigimo-nos até a um spot conhecido pelo meu parceiro.

Entramos na água, e como soube bem!

Após iniciar a caçada deparo-me com 4 bicudas, mergulhei, e encaro com um cardume. A hora e meia seguinte da caçada foi basicamente um jogo do gato e rato, onde eu e as bicudas nos encontrávamos regularmente e no qual elas fugiam energicamente. Após tanto tempo gasto decido desistir.

Decido regressar ao local de entrada, bastante desanimado. Ao chegar perto começo a ver uns buracos bastante apelativos por entre os catrapus. Decido investigar. Começo a ver que apenas sargos pequenos vivem por aqueles lados. Tento mais fundo e começo a ficar espantado com a minha apneia, a qual estava bastante boa para quase 6 meses de inactividade.

Finalmente encontro um buraco perfeito. Tinha que haver algum peixe decente lá dentro! Deparo-me com cerca de 15 enxareus e largo ferro no que me parece maior. Segue-se uma corrida infernal por entre os catrapus entrelaçando muitos metros de fio do carreto…

Seguem-se 20 minutos de luta e de paciência a cortar fio e a puxar o peixe.

Acusou 5kg e foi o primeiro peixe deste regresso ao mar.

Boas caçadas, Tiago Sabino



E agora eu, bem que tentei a minha sorte mas nada. Os enxareus que avistei não estava entocados, o que torna a sua captura muito difícil. Antes já tinha feito uns agachons e e entrado nuns buracos que pareciam perfeitos, mas nada!

Aqui fica um peqeno clip dos enxareus e tainhas, que ao depararem com o pescador submarino, fogem energicamente.



Boas caçadas e apneias, José Silva

2 comentários:

CrazyDiver disse...

é bem puto..bom peixe;)
votos de muitos mais como esses;) abração

Tiago disse...

sou memso boooom!

;D